Mercado 301 vence Comida di Buteco em Brasília

Brasília conheceu o vencedor do Comida di Buteco 2019: o Mercado 301, em Águas Claras. Agora, a casa concorrerá a nível nacional, na busca do título de melhor buteco do Brasil, no dia 15 de julho em São Paulo! Com o petisco Picolé Crocante – Picolé crocante de cupim empanado na farinha panko, aioli de alho poró e redução de goiabada cascão, acompanhado de farofa de maçã verde e castanha de caju – Sabrina Saboya e Rayner Costa, proprietários do local, batalharam muito pelo prêmio.

O bar já é bicampeão, tendo ganhado o primeiro título em 2017, com o petisco Don 301, composto por pão ciabatta crocante, empanado em crosta de farinha de quinoa, quinoa vermelha em flocos e gergelim branco, recheado com filé mignon em cubos, champignon ao molho de creme de leite fresco reduzido, molho shoyo, pimenta verde e mistura de ervas.

Ano passado, a casa ficou em segundo lugar. Sabrina e Rayner disputaram com mais 21 bares, que também deram o sangue durante o concurso, que ocorreu em Brasília dos dias 12 de abril a 5 de maio. Emocionada, Sabrina disse ter vivido dias de muito trabalho, mas que, no final, valeram a pena.

Em segundo lugar na disputa ficou o estreante Destilaria Bar, localizado em Taguatinga, com o petisco Bolinho Destilado com molho na kenga – Bolinho de massa caseira, recheado com carne de sol e queijo, servido com molho de abóbora picante. Os donos, Odair Leite e Maria Lucilene, estavam muito empolgados com o concurso, e jamais imaginavam conquistar o posto de vice logo de estreia.

O terceiro lugar também foi de um estreante, o Matulla Prosa e Petisco, em Sobradinho, com o pestico Palitinho de porco – Massa crocante recheada com carne de porco cozida lentamente acompanhado de chutney de abacaxi picante.

De agora em diante:

O público e um corpo de jurados visitaram, votaram e elegeram os campeões das 21 cidades participantes, avaliando quatro categorias (petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida) . O petisco levava 70% do peso da nota e as demais categorias 10% cada uma. O voto do público valia 50% do peso total, e, dos jurados, 50%.

De agora em diante, conhecidos todos os campeões municipais, uma comissão de jurados, escolhida especificamente para este momento, vai visitar os campeões de cada cidade avaliando sua performance nas mesmas quatro categorias (petisco, atendimento, temperatura da bebida e higiene). Cada campeão recebe três jurados (um jurado da sua cidade e dois de outras cidades). Elege-se aí o melhor buteco do Brasil, que será conhecido e premiado no dia 15 de julho em São Paulo.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.