Quatro curiosidades sobre o gelato artesanal

Curiosidades sobre o gelato artesanal

Com ou sem chuva é hora de tomar um bom gelato. Ele é uma opção que vem conquistando cada vez mais adeptos pois, diferente do sorvete, é mais cremoso, saboroso e possui um índice menor de gordura. A sobremesa tem origem italiana e ficou popular nos anos 20, no norte da Itália.

A San Paolo Gelato Gourmet – primeira gelateria do Brasil a utilizar uma pedra de mármore resfriada para misturar ingredientes selecionados com gelatos artesanais, preparou uma lista com as principais curiosidades sobre essa delícia cremosa. Confira:

Cor

Por ser fabricado de modo artesanal, com frutas da estação e outros ingredientes frescos, é comum a fruta perder um pouco da tonalidade natural. Cores muito fortes e chamativas podem indicar uso de corantes e conservantes industriais.

Textura

O aspecto do gelato ao paladar deve ser macio e leve. Em alguns sabores há pedaços de frutas, porém, se houver a presença de granulados, indicam que o produto não está fresco.

Sabor

A temperatura que o gelato é servido, entre -10°C e -12°C, favorece a textura cremosa e ajuda o paladar a absorver melhor o sabor. Temperaturas muito baixas prejudicam o gosto da sobremesa.

Refeição

Na Itália, o gelato é consumido em qualquer hora ou clima, e até mesmo para substituir refeições. São considerados alimentos completos, pois possuem proteínas, cálcio, açucares e vitaminas, dependendo do sabor. Os italianos consomem cerca de três vezes mais gelato que os brasileiros, com uma média de nove litros por pessoa.

Sem comentários

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.