Sommelière dá dicas para escolher espumantes

sommelière gaúcha Deisi da Costa

É possível encontrar bebidas brasileiras com ótimo custo e benefício nas gôndolas de grandes lojas

O espumante é a bebida símbolo para brindar nas festas de final de ano – seja para celebrar o encerramento de um bom ciclo, seja para desejar novas conquistas. Mas o consumidor que vai às compras em grandes supermercados, onde geralmente não há um profissional especializado à disposição, muitas vezes acaba em dúvida sobre qual produto escolher degustar com os convidados. São rótulos de inúmeras nacionalidades, preços e variedades, mas é possível encontrar ótimos espumantes brasileiros com excelente custo e benefício – um para cada paladar.

DJs e música ao vivo agitam a festa SWFPara tornar a escolha mais assertiva, nada melhor do que contar com dicas de quem entende do assunto. A sommelière gaúcha Deisi da Costa está no mundo dos vinhos desde 2013, quando saiu do Brasil em busca de mais conhecimento na Irlanda, Inglaterra e Nova Zelândia. Ela busca informação de diversos países para trazer à realidade brasileira, já que se assume fã dos produtos nacionais. Atualmente trabalha como sommelière na Adega Refinaria, loja localizada em Bento Gonçalves, na Serra gaúcha, cidade conhecida como Capital Brasileira do Vinho e principal destino enoturístico do país.

Conheça seis dicas infalíveis para acertar na escolha de espumante:

Garrafas na vertical não prejudicam a qualidade da bebida

Nas gôndolas de supermercados, os espumantes sempre estão posicionados na vertical – e é melhor assim, para que a rolha não fique molhada e úmida. Se isso acontecer, ela perde sua elasticidade e, quando abrirmos o espumante, vamos perceber isso nitidamente, porque ela estará murcha. Portanto, os consumidores podem comprar as bebidas na posição vertical sem medo. Quem for guardar a garrafa em casa pode mantê-la em pé, mas o melhor é não perder tempo para apreciar.

Escolha de acordo com seu paladar

Quando se trata de escolher espumantes em supermercados, onde geralmente não há orientação de um profissional, o primeiro passo é procurar pelas variedades que mais agradam o seu paladar. Para quem gosta de vinho seco, a dica é procurar pelos termos Brut, Extra Brut e Nature. Já para os amantes de bebida doce, os espumantes indicados são Moscatel ou Demi-Sec.

Outro fato importante é: se você gosta de espumante leve e refrescante, tente achar no rótulo ou contra-rótulo o termo “Método Charmat”, que produz um vinho com características jovens e frescas. Já para os apreciadores de espumante estruturado e complexo, melhor escolher um rótulo que informe “Método Tradicional” ou “Champenoise” – com certeza uma bebida mais ‘cremosa’ e com complexidade maior, podendo trazer uma experiência mais intensa.

Na dúvida, prefira espumantes jovens

Verificar a safra do espumante é super importante. Para quem vai adquirir a bebida sozinho e quer garantir uma boa experiência, o ideal é não arriscar safras muito antigas, ou seja, sempre que possível, escolha o vinho mais novo (se for safrado, constará no rótulo). A menos que você vá a uma loja especializada e tenha atendimento orientado para tirar dúvidas e entender melhor o produto. “Na minha opinião, espumante é parecido com pão de queijo: talvez amanhã ainda esteja bom, pois tem estrutura, mas por que arriscar? Consuma o quanto antes e brinde a vida”, brinca Deisi.

Produtos premiados passam confiança

espumante roseOs vinhos e espumantes brasileiros vêm ganhando importantes premiações internacionais a cada mês que passa. São diversos rótulos com destaques vindos de países como Argentina, Chile, Inglaterra, Espanha e França – berço do champanhe. Por isso, é interessante optar por produtos com várias medalhas, pois funcionam como um guia para o consumidor diante de tantos espumantes nas prateleiras. Não que os produtos sem medalhas não sejam bons, afinal pode ser uma decisão da vinícola não participar de concursos, mas esses selos certamente auxiliam o consumidor final em meio às gôndolas de grandes supermercados.

Dica: o espumante Garibaldi Moscatel, da Cooperativa Vinícola Garibaldi, apresenta ótimo custo e benefício para quem busca uma bebida premiada e com preço acessível. Entre as distinções recebidas estão o título de Melhor Espumante do Cone Sul concedido pelo Catad’Or Wine Awards, um dos concursos mais importantes da América Latina, e a medalha de Prata no francês Effervescents Du monde. Preço médio: R$ 36,10.

Sirva na medida certa

Uma dúvida bastante comum entre os consumidores é em relação ao volume de bebida que deve ser comprado para as festas de final de ano. Por isso, separamos um consumo médio em duas situações: apenas para o brinde e para beber durante todo o evento (entradas, refeição principal, brinde e sobremesas).

Se você deseja oferecer espumante aos convidados apenas para brindar o momento, é elegante servir cerca de 70 ml por pessoa (uma taça não completamente cheia). Isso resulta em uma garrafa a cada 10 pessoas, ou uma garrafa a cada 7 pessoas – caso os convidados sejam bons de taça. Mas se a ideia é organizar uma festa regada a espumante, calcule uma garrafa para cada duas pessoas.

Deguste na temperatura ideal

Servir o espumante na temperatura certa é um dos principais fatores para garantir que a degustação do produto seja perfeita – isso porque, se muito gelado, fechar demais os aromas e sabores, comprometendo a elegância da bebida. Nesse sentido, espumantes leves e jovens merecem ser gelados no refrigerador entre 2ºC e 3ºC, pois até chegar à taça a temperatura aumenta um pouco. Já os espumantes mais estruturados merecem uns graus a mais, justamente para mostrar sua estrutura mais complexa, então mantenha perto de 6ºC, refrigerado na geladeira. Na dúvida, sirva sempre gelado a 2ºC.

Espumantes para todos os paladares

Aos 87 anos de história, a Cooperativa Vinícola Garibaldi tem um portfólio com 70 produtos distribuídos em 12 marcas, entre vinhos tintos e brancos, espumantes de diversas variedades, linhas de exportação, frisantes, filtrados, sucos de uva e opções orgânicas. Conheça algumas opções de espumantes para brindar nas festas de fim de ano:

ESPUMANTE GARIBALDI MOSCATEL
Eleito o Melhor Espumante do Cone Sul pelo concurso chileno Catad’Or Wine Awards, é uma bebida que expressa tropicalidade e quebra todos os paradigmas acerca da variedade Moscatel – pois é doce, refrescante e de baixa graduação alcoólica. Combina com frutas frescas ou em calda, sorvetes e bolos. Preço médio: R$ 36,10

ESPUMANTE GARIBALDI VERO DEMI-SEC ROSÉ
Lançamento, o rótulo chega ao mercado com a promessa de conquistar os paladares pelo equilíbrio de sabores em sua composição. Elaborada com uvas Cabernet Sauvignon e Merlot pelo método Charmat, a bebida se destaca por sua jovialidade, refrescância e notas aromáticas frutadas – versátil e perfeita para ser apreciada desde o happy hour até a sobremesa. Preço médio: R$ 27,20

ESPUMANTE GARIBALDI VG EXTRA BRUT
Elaborado pelo método Charmat longo, denota coloração amarelo palha com reflexos esverdeados, aspecto brilhante e ótima formação de perlage (borbulhas). A bebida, que integra a linha Premium da marca, conta com notas aromáticas de abacaxi, baunilha e um delicado toque de pão tostado, além de paladar estruturado e cremoso, com acidez equilibrada e refrescante. O VG Extra Brut combina com frutos do mar, patês, carne vermelha, aperitivos, peixes e queijos. Preço médio: R$ 65

Sem comentários

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.