Brasília deve receber primeiro KFC este ano

KFC planeja abrir no Brasil 500 novas unidades até 2027

O KFC – rede de fast-food referência mundial em frango frito – está iniciando um intenso plano de expansão no mercado brasileiro com o objetivo de abrir nos próximos nove anos – até fim de 2027 – 500 novas unidades nas principais capitais do país. Atualmente, a rede conta no país com cerca de 50 unidades, sendo 14 delas próprias, distribuídas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Ceará e Pernambuco. No mundo, KFC está presente em 125 países com mais de 20 mil restaurantes.

Acreditamos que a expansão agressiva se deve à ampla aceitação da rede, que é referência em frango frito no mundo. lldefonso de Castro Deus, gerente geral de KFC no Brasil

De acordo com lldefonso de Castro Deus, gerente geral de KFC no Brasil, a expansão de dará, prioritariamente, via franquias e tem foco inicial nos mercados de São Paulo capital, Grande São Paulo e maiores cidades do interior), Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Ceará. A meta da rede é buscar investidores com capacidade gerencial e financeira para implantar pelo menos cinco unidades no período de três anos.

“O KFC está aberto a novos grupos de investidores para o desenvolvimento da marca em diferentes regiões do país. Além da nossa expertise no setor de franquias, acreditamos que a expansão agressiva se deve à ampla aceitação da rede, que é referência em frango frito no mundo”, destaca ele, informando que o investimento em cada unidade é de cerca de R$ 2 milhões, incluindo o custo do ponto comercial e treinamento do operador durante 90 dias, com prazo de retorno do investimento em 36 meses.

Balde de frango é o carro-chefe da rede norte-americana KFC
Balde de frango é o carro-chefe da rede norte-americana KFC

Até o final de 2018, o KFC deve abrir 25 novos pontos no país, sendo 8 próprios, chegando aos mercados de Rio Grande do Sul, Curitiba e Brasília. No total, entre investimentos da marca e dos franqueados, serão R$ 40 milhões somente até dezembro na expansão da rede. “Para 2019, nossa meta é de no mínimo mais 50 unidades”, acrescenta o executivo. Além do formato atual de lojas em shopping centers com 60 m², a rede vai apostar, a partir do próximo ano, em unidades de rua com 250 m² e serviço de delivery.

Cardápio

O balde de frango é o carro-chefe do cardápio brasileiro e está disponível em duas versões: Crocante e Receita Secreta, combinação de 11 ingredientes secretos criada pelo fundador Coronel Sanders, nas versões de tirinhas de peito de frango ou pedaços acompanhados por molhos variados. KFC também oferece variadas opções de sanduíches, Big Box, milk-shakes e sobremesas. O cardápio passa constantemente por inovações.

1 comentário
  1. Com todo respeito, chega de fake news. De novo essa lorota. Prometeram em 2015 e nada, depois em 2016 e nada. Depois em 2017 e nada, agora 2018 e nada. E agora em 2019. Agora vem a pura verdade. Só se inaugurar lojas de rua, pois as praças de alimentação dos shoppings estão lotadas. Só se for em shoppings novos, somente em 2022 é claro. Essa história do KFC está igual da Starbucks e Decathlon. Essa última inclusive já fez a seleção de pessoal em março passado, mas o interessante é, a loja só inaugura em junho/2019. Detalhe, a imprensa que divulgou a fake news, ops, a notícia, afirmou que a loja será erguia na SGCV Quadra 01 Lote 01. E eu mesmo fiz a investigação, e adivinhem, o dono do lote desconhece essa negociação, e o local exato desse lote fica exatamente aonde era a garagem da Itapemirim. E ele foi categórico, desconhecer essa loja, inclusive só tem MATO e galpões abandonados. Portanto, antes de começar a divulgar algo. A RP ou assessoria de imprensa dessas empresas tem que ter cuidado em fazer tais afirmações. No caso da KFC já é reincidente em fazer afirmações que não se traduzem em realidade. Desculpe-me a sinceridade.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.