Burger de carne ou vegano? Marcas lançam desafio com clientes

A 100 Foods realizou recentemente uma ação que causou surpresa. Em parceria com a Burger-X, a empresa distribuiu nove lanches para clientes em São Paulo. A ideia era oferecer uma nova experiência, sem que eles soubessem que os alimentos eram feitos à base de plantas. Nesta ação, a 100 Foods pensou em alcançar especificamente jovens entre 25 e 40 anos, parcela da população que hoje mais adere a mudanças de hábitos alimentares e se preocupa com o meio ambiente.

Convencer os veganos e vegetarianos não era um desafio para a marca, que já é conhecida nesse meio, mas a missão era alcançar os flexitarianos e carnívoros. “O intuito era mostrar que mesmo os produtos não sendo feitos com carne tradicional, oferecem sabor e textura semelhantes e além disso trazem saudabilidade”, contou o Paulo Ibri, CEO da 100 Foods.

Os dois produtos escolhidos para serem enviados aos consumidores foram o hambúrguer Crispy Chicken e o NU%#&TS, empanado de frango vegetal. Os sanduíches foram montados ainda com os molhos e maioneses da marca, todos produzidos com ervilha amarela, que tem matéria prima importada da Europa. “A proteína texturizada de ervilha amarela obtida após o processo de extrusão, que é a que usamos, oferece cerca de 24g de proteína por 50g de produto. Um bife de vaca fornece cerca de 13g pela mesma quantidade”, ressaltou Paulo Ibri, CEO da 100 Foods.

A Burger-X selecionou os clientes, sem revelar nenhuma informação, pois a ação propunha captar ao vivo a reação de cada cliente ao comer o lanche. “A gente queria ouvir do público que no dia a dia são mais resistentes em pedir a opção de lanche à base de planta e tivemos uma surpresa, porque todos os clientes entravam na live com expectativa de ser algo trivial, talvez algo feito com carne, mas depois de algum tempo degustando, revelamos que era 100% vegetal. Nenhum deles desconfiou e nem sentiu diferença no sabor, pelo contrário, todos acreditaram ser frango de verdade”, contou Lucas Lanna, CEO da Burger-X.

Para Karina Ramos, que não é vegetariana, a experiência foi impactante. “Essa foi a minha primeira experiência com hambúrguer que não é feita de carne. A textura é incrível, muito crocante por fora e quase que desfiando por dentro. Me enganou muito bem, pois eu achava que era frango e eu comeria novamente com certeza! Pois esse lanche me fez tirar o preconceito que eu tinha de que não é preciso da carne tradicional pro lanche ficar muito bom”, relatou com entusiasmo a cliente da hamburgueria.

Além do hambúrguer, os empanados fizeram sucesso entre os não veganos. Aline Ramos Messore, que também participou do vídeo, contou que na primeira mordida não conseguiu identificar que era plant-based. “Os empanados eram mais crocantes do que os normais, foi uma experiência surpreendente, tanto o gosto como a textura são bem semelhantes ao tradicional”.

De acordo com Ibri, os lanches preparados e vendidos pela Burger-X estão fazendo sucesso desde o lançamento. Na primeira semana as vendas superaram a expectativa e por isso devem permanecer disponíveis no cardápio da hamburgueria nos próximos meses. “Nosso lanche é muito mais gostoso do que os tradicionais hambúrgueres de frango vendidos por grandes redes de fast food, na verdade, tirando a aparência semelhante, o nosso Crispy Chicken é superior a qualquer outra proposta do mercado”.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.