Chocolate sem glúten e sem lactose

Como já falamos, adaptar a dieta e ter uma alimentação restritiva não parece fácil, mas o fato é que, atualmente, podemos encontrar uma grande variedade de produtos específicos para esse tipo de alimentação e usar o produto certo está longe de ser uma tarefa impossível, mesmo quando surge o desejo de incluir doces no dia a dia, principalmente o mais amado do mundo: o chocolate.

Hoje vamos falar um pouco sobre isso. Se você tem restrição ao glúten e à lactose e procura um chocolate que se adapte à sua dieta, aí vão algumas dicas para incluí-lo nas refeições sem maiores preocupações. Existem muitas marcas já conhecidas que vendem uns deliciosos, que são fontes nutricionais, além de serem muito parecidos com os tradicionais, feitos à base de leite animal. Para comprar o produto certo analise primeiro sua embalagem e veja se ela contém as informações necessárias sobre o glúten e a lactose. Procure também saber um pouco mais sobre a empresa, o processo de fabricação adotado é seguro e se a isenção desses ingredientes realmente existe, pois muitas fábricas ainda tem condições precárias para lidar com a contaminação cruzada, que é um grande risco para quem sofre de alergia e/ou intolerância.

Mas, espera aí, você sabe de que são feitos os chocolates sem lactose? Existem dois tipos: um feito com leite de origem animal, que recebe a enzima lactase para ajudar na quebra das moléculas do açúcar lactose durante a digestão; e os chocolates feitos à base da proteína vegetal (como leite de soja, arroz, coco e amêndoas); e ainda aqueles feitos apenas com cacau e a manteiga da própria fruta. Sem dúvidas, estes últimos são mais puros, pois contém menos ingredientes, e as chances de contaminação cruzada é quase nula. Fique sempre atento aos chocolates recheados, ou com alguma crocância, geralmente é aí que alguma contaminação cruzada acontece.

Os chocolates que são de puro cacau ou leite de coco são feitos com a massa do cacau e a base cremosa, sem proteínas animais, sendo assim, um pouco mais amargos, mas não menos gostosos. Conheça agora algumas marcas industrializadas que são sérias e produzem chocolates incríveis, sem glúten e sem lactose, para intolerantes e alérgicos consumirem sem medo:

Loov – Chocolates branco e preto feitos à base de leite de coco;
ZeroMilk – Chocolate vegano feito de massa e manteiga de cacau, e emulsificante lecitina de girassol;
Chocosoy – Chocolates feitos à base de leite de soja, com ou sem açúcar;
Ouro Moreno – Possui o puro cacau 100%, 70% e 40% e os chocolates à base de leite de coco, como as barras de chocolate branco.
Línea – Chocolate ao leite sem adição de açúcar e zero lactose, feito com manteiga de cacau belga e leite em pó integral enzimado, além de lecitina de soja.
Only – Chocolate vegano puro cacau, feito com massa e manteiga de cacau açúcar e óleo de coco.

Todos esses chocolates podem ser usados também na culinária, em receitas caseiras de bolos, biscoitos e sobremesas que ficam igualmente saborosas como as tradicionais. Nos próximos artigos, você verá a nutricionista Mônica Rocha dissertando mais por aqui sobre restrição alimentar e muitos outros assuntos. Não perca!

Sem comentários

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.