Jacket Café aposta em cafés especiais e apresentação moderna

A Jacket Café, cafeteria da 106 Sul, já causou um intenso burburinho entre os amantes de café. O projeto é fruto da experiência do casal Talita Borges e Leandro, que sempre curtiu frequentar cafeterias no mundo todo. Quem visita a Jacket Café deve encontrar um dos dois e a paixão deles pelo fruto tostado está evidente. Na nossa visita, Leandro e Talita nos apresentaram a casa, o menu e várias ideias para o futuro.

jacket cafe

Não costumo beber muito café e, por isso, pedi um frapê. Adorei meu dark chocolate feito de expresso com gelato da Stonia Ice Creamland, gotas de chocolate callebaut dark, chantilly e cacau em pó. Não estava muito doce e o gosto de chocolate amargo misturado com café é uma delícia. Michel pediu o frapê de gelato batido com matcha. Na cobertura chantilly, matcha, gojiberry e glitter. Aparentemente o Jacket Café aprendeu com o Stonia Ice a preparar pratos visualmente incríveis porque um frapê com cobertura de glitter é, antes de tudo, para se comer com os olhos.

O cardápio elaborado pelo chef Edgar Filho está no ponto. Os pratos salgados estão lindos e gostosos. A saborosa torrada aberta de abacate (abacate temperado com sal defumado, tomate assado, redução de aceto balsâmico) é “super instagramável” e está alinhada com as mais modernas cafeterias do mundo. Podemos optar ainda entre as tostadas de shimeji, de jamón e de peito de peru. Além disso, a casa ainda dispõe de torta salgada, pão de queijo, croissant, entre outras opções de pratos salgados.

Além dos waffles e cookies (pequenos e grandes) recheados, a Jacket Café ainda possui alguns bolos exclusivos (branded cakes). O bolo arco-íris é um encanto com cada uma de suas camadas de uma cor diferente. Já o bolo de pipoca vem com pequenas pipoquinhas por cima. Existe ainda a possibilidade de montar combos de café da manhã com itens como iogurte, queijo, ovos mexidos, frutas ou pastas ou um valor médio de R$ 24 e, por mais R$ 5, pedir Refil de Café à vontade durante a semana, de terça a sábado de 9h às 13h e aos domingos de 13h às 17h.

O ambiente contrasta tons claros e escuros, projeto de design do Studio Mova e artes assinadas pelo artista Pedro Fleury. O teto na entrada do café é um trabalho à parte, com várias peças em diferentes níveis – muito bonito. A máquina utilizada para os expressos é a Nuova Simonelli Aurélia II, a mesma que foi utilizada no campeonato brasileiro de barista: uma referência na área. Os amantes do café podem escolher entre expresso (simples ou duplo), coado ou entre um dos quatro métodos (como a prensa francesa ou o aeropress). É um momento de degustação poder assistir ao café ser feito, a seu tempo, em uma hario v60.

O símbolo da casa é uma jaqueta (que, inclusive, está no corredor do café). A ideia é misturar moda e gastronomia. Muitos dos elementos estéticos da casa remetem ao universo fashionista – como os cardápios que são pequenos cabides. É também um conceito que remete à calor e conforto. A Jacket Café é uma casa amigável e confortável. A ideia de sentar com um livro e pedir um refil de café, aproveitando da tomada e wi-fi da casa, é super tentadora.

Serviço
Endereço: CLS 106 bloco C loja 15 – Asa Sul, Brasília DF
Horário:Terça a Sábado de 9h às 21h e Domingos de 13h às 21h
Telefone: (61) 3543-6158
Instagram: @jacketcafe

 

Sem comentários

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.