Provando costeleta de javali no Barbacoa

Existe um certo fetiche por comer carnes exóticas. Digo, em que situação uma pessoa comeria uma carne de javali? Não está acessível na maioria dos restaurantes e muito menos nos mercados. Somos uma geração tão urbana que os filhos dessa modernidade muitas vezes não sabem de onde provêm as carnes e verduras. O mais familiar que temos de carnes exóticas são nossas referências midiáticas de reis e duques caçando em filmes de época.

E por que eu falo tudo isso? Porque eu comi a costeleta de javali do menu prime grills do Barbacoa e adorei. Primeiro por estar sentindo que estava comendo uma carne muito especial. Depois porque estava morrendo de medo de ser uma carne dura ou com gosto muito forte, mas fui surpreendido. É uma proteína bem macia e com um gosto suave que lembra a carne de porco (são mamíferos da mesma família). A carne de javali é conhecida por ter um baixo teor de gordura. Visualmente eu tive a impressão que seria uma proteína gordurosa mas, pelo contrário, é uma proteína magra e fácil de comer.

barbacoa
Atendimento impecável e sabor estão garantidos no Barbacoa

A casa tem uma decoração sóbria e elegante. Não está engajada em parecer moderna ou seguir modismos. Muito correta, traz um conforto visual remetendo ao ambiente familiar sem deixar de ser sofisticada. As panelinhas de cobre das guarnições são um exemplo dessa harmonização que me refiro. O Barbacoa consegue ser aquele tipo de ambiente que é seleto mas que te deixa confortável.

Falando nas guarnições, as farofas são gostosas. Pedindo um dos grelhados (picanha suína, bife de chorizo, tornedor, picanha baby de cordeiro etc) ou um dos grelhados prime (prime rib, assado de tira, t-bone steak, costela de cordeiro ou costela de javali), o cliente pode optar por uma guarnição como a batata sauté, cebola assada, arroz à carreteiro ou creme de milho. Com um adicional de R$ 13 é possível pedir uma das guarnições especiais: risoto de tomate seco, palmito com alcachofra, batata assada, purê de mandioquinha ou sautée de aspargos, batata noisette e cogumelos.

Não nego que minha carne estava um espetáculo, mas não sei se posso dizer o mesmo para os aspargos na minha guarnição. Pode ser uma questão de gosto pessoal, mas prefiro os aspargos sequinhos e durinhos. Aproveitando que estamos falando dos pontos delicados dessa noite, fiquei surpreso com uma equipe tão bem treinada para receber influenciadores e jornalistas. Ainda estou tentando entender o que aconteceu, quando exatamente o zelo cruzou a linha da hospitalidade e os funcionários passaram a rearranjar os objetos da nossa mesa para que tirássemos fotos melhores.

Ao final, pedi de sobremesa um belo bolo de coco que lembrava bolo de infância.

Não sei por que fiz isso. Depois de um prato de salada, vários pães de queijo frito maravilhosos da entrada e o javali “ostentação”, me dei ao direito de fechar a noite com chave de ouro. Mas precisava ser um bolo tão grande? Como vai ficar minha dieta depois disso? O meu jantar foi acompanhado de um drink de espumante com cereja que estava muito saboroso.

A experiência no Barbacoa foi muito agradável. O maître é uma figura divertida e muito educada. A comida estava deliciosa e farta. Posso dizer que comer javali no Barbacoa foi, dentro da minha imaginação, o mais próximo que cheguei a essa fantasia real. Brincadeiras a parte, é uma casa que vale a pena conhecer. Recomendo.

Serviço
Barbacoa
Endereço: ParkShopping – Espaço Gourmet
Telefone: (61) 3028-1530
Horário de funcionamento: diariamente das 12h às 23h; sexta e sábado até 24h; domingos e feriados até às 18h.
Capacidade: 120 lugares
Estacionamento: Vallet Service Espaço Gourmet
Observações: Acesso e instalações para portadores de necessidades especiais, menu e atividades para crianças disponíveis, ambiente WiFi.
Sem comentários

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.