BCAAs: aminoácidos para ganho de músculo e saúde

Auxiliar o aumento de massa muscular e melhorar o desempenho esportivo estão entre os benefícios atribuídos aos suplementos BCAA.

O que são os BCCAs?

BCAA é uma sigla em inglês que corresponde a Branched Chain Amino Acids ou, traduzindo, Aminoácidos de Cadeia Ramificada. Os aminoácidos são pequenas unidades que compõem uma estrutura maior chamada proteína.

A proteína, por sua vez, é a unidade básica do tecido muscular. E por serem aminoácidos essenciais com potencial para auxiliar a síntese de proteínas musculares e de reduzir a sua degradação que os suplementos de BCAA são de especial interesse para esportistas, fisiculturistas e praticantes de atividades físicas em geral.

São dois os tipos de aminoácidos: os não essenciais, que podem ser sintetizados ou produzidos no corpo humano, e os essenciais, que não podem ser produzidos pelo nosso organismo.

Os BCCAs são aminoácidos essenciais, isto é, eles só podem ser adquiridos pelo nosso corpo por meio da ingestão de alimentos vegetais, animais ou suplementos. Três aminoácidos compõem o grupo dos BCCA: Valina, Leucina e Isoleucina, elementos encontrados principalmente em fontes proteicas de origem animal.

Homem halteres exercicio academia musculacao malhando

Vantagens dos BCCAs

Um dos benefícios mais difundidos do consumo de BCAA é a ajuda que ele pode dar ao ganho de massa muscular para pessoas que praticam atividade física intensa. Sua ingestão aumenta a síntese de proteína e reduz a possibilidade de lesão muscular pós-treino.

Em geral, durante a prática de treino físico intenso, organismo entra rapidamente em estado de catabolismo, o que pode gerar a perda de massa muscular. Mas, se o praticante está suplementado adequadamente, ele terá essa necessidade energética suprida e invertida, ou seja, o estímulo se dará no sentido da construção de músculos (anabolismo).

Estudos apontam também que o BCAA auxilia na redução da fadiga pós-treino intenso, além de diminuir o grau de lesão muscular induzida pelo exercício físico. Há ainda benefícios relacionados à melhoria da Imunidade, uma vez que se sabe que a reposição de aminoácidos após a prática atividade física intensa é essencial para o metabolismo corporal, especialmente para o sistema imunológico.

Como tomar?

O suplemento BCAA é indicado para esportistas, fisiculturistas e praticantes de atividades físicas em geral. Em geral, o BCAA não deve ser consumido em dias em que não forem realizados treinos físicos. O suplemento pode ser encontrado em forma de cápsulas ou em pó.

Não há uma versão melhor do produto, o importante é que ele seja ingerido na dose correta. Essa dosagem individual poderá ser mais adequadamente determinada por um nutricionista ou um médico especializado.

Em geral, indica-se o consumo de BCAA imediatamente antes e após treinos intensos com peso ou um treino aeróbico de maior intensidade. Também nesse caso vale a pena recorrer ao auxílio de um profissional especializado para definir a programação personalizada mais efetiva.

Homem jovem fazendo exercício musculação pesos - Whey protein - proteina do soro do leite

Como ganhar massa muscular com BCAAs?

Os aminoácidos de cadeia ramificada (BCAAs) são um tipo de suplemento alimentar que pode ser usado para ajudar a aumentar a massa muscular. Eles são compostos por três aminoácidos essenciais – leucina, isoleucina e valina – que são importantes para o crescimento e reparação dos músculos. Os BCAAs são geralmente vendidos em pó e podem ser misturados com água ou outra bebida para consumo.

Apesar de alguns estudos sugerirem que o consumo de BCAAs pode ajudar a aumentar a massa muscular em conjunto com o exercício físico, a evidência é inconclusiva. Alguns estudos mostram que o consumo de BCAAs pode aumentar a síntese de proteínas musculares, enquanto outros não encontram nenhum efeito.

É importante lembrar que os BCAAs são apenas um componente da dieta e que o exercício físico e uma alimentação equilibrada são fundamentais para o ganho de massa muscular.

Antes de tomar BCAAs ou outros suplementos alimentares, é importante consultar um profissional de saúde qualificado. Os suplementos alimentares não são regulamentados pelo governo da mesma maneira que os alimentos e os medicamentos, e podem conter ingredientes que não são declarados na embalagem.

Além disso, os suplementos alimentares podem interagir com medicamentos ou outros suplementos, e podem ter efeitos colaterais indesejados.

 

Deixe um comentário