D.O.C é uma irresistível surpresa no Lago Sul

DOC -Filé de peixe recheado com puré de banana da terra ao molho Bechamel

É sempre comum quando nos pedem uma indicação de restaurante. Para além das opções mais conhecidas da cidade, é impossível não recomendar o D.O.C Restaurante & Lounge, que fica no Lago Sul. Recém-aberto após um período fechado, o restaurante tem agora uma nova direção de Mariana e Luiz Antonio Beltrão e um cardápio novo, elaborado pela chef Alexandra Alcoforado. Formada na célebre Le Cordon Bleu, que é a maior e mais respeitada escola de gastronomia do mundo, ela elaborou uma série de delícias surpreendentes.

E surpresa é realmente o que não falta. Ao sentar-se à mesa, os clientes já se surpreendem com a beleza da louça, pintada à mão pela artista plástica goiana Célia Estrela. Assim, cada prato é de uma arte ímpar. Os clientes também recebem um mimo, que varia dia após dia. Quando fomos conhecer o novo D.O.C, era um delicado creme de cebola com queijo e croutons. Abriu o apetite, mas estava tão gostoso que, em quantidade maior, seria uma boa escolha para jantar numa noite mais fria.

Polvo Grelhado - Tentáculos de polvo confit, grelhados com bacon caramelado e tartare de manga
Tentáculos de polvo confit, grelhados com bacon caramelado e tartare de manga. As fotos são de Rayan Ribeiro

O menu degustação que provamos passeou por algumas opções disponíveis. Entre as entradas estão Rã à Francesa (coxa e sobrecoxa de rã empanada ao molho de vinho branco – R$ 58) e Polvo Grelhado (tentáculos de polvo confit, grelhados com bacon caramelizado – R$ 58), além de outras opções. Gostamos muito da Panelinha de Bourguignon, uma releitura de um dos pratos mais famosos da França e que serve duas pessoas (filé mignon em cubos ao molho de vinho, cogumelos e cebola, coberto por massa folhada – R$ 55).

 

A estrela da noite foi o Risoto Negro, feito com arroz negro, aspargos frescos e cubos de queijo coalho crocante (R$ 63). É um daqueles exemplos de prato que fazem qualquer pessoa pensar em se tornar vegetariana, uma vez que a ausência de carne não incomoda. Preparado com maestria, o risoto condensa o gosto dos aspargos, acompanhado de um tempero delicado que valoriza os vegetais. Para quem não dispensa a proteína animal, é possível também pedir uma versão acompanhada de polvo por mais R$ 25.

DOC - Tradicional pudim de leite condensado com arcos de caramelo com esferas de morango
Tradicional pudim de leite condensado com arcos de caramelo com esferas de morango

O cardápio reserva outras opções, como Confit de Pato (coxa e sobrecoxa de pato confitado, molho roti com deglaçagem de laranja e purê trufado – R$ 82). Quem quiser carne vermelha pode pedir um Entrecote (carne nobre grelhada na manteiga café paris, batata mil folhas e farofa de cenoura, passas e castanhas – R$ 88).

Se os pratos destacam o que há de melhor na gastronomia europeia, as sobremesas homenageiam o nosso país com uma sofisticação contemporânea. Um exemplo é a cheesecake com calda de goiaba (torta de creme de queijo com calda de goiaba ao vinho); além do bom e velho pudim de leite (tradicional feito com leite condensado e calda de caramelo, mas desta vez servidos com esferas de morango R$ 22).

Para brindar

Atração à parte, a carta de drinks tem assinatura do premiado mixologista Rinaldo Honorato. É possível pedir desde clássicos, com Moscow Mule, Clericot e Negroni, até criações exclusivas. É o caso do maravilhoso Deus Grego (Whisky Fireball, Pure Yuzu, limão siciliano e espuma cítrica – R$ 28). Quem quiser também pode pedir drinks não-alcoólicos, que chamam a atenção pela beleza, sabor e apresentação.

Unindo comida e bebida de qualidade num ambiente muito agradável (vale a pena conhecer a parte externa também), o D.O.C Restaurante & Lounge é uma excelente opção. É o tipo de lugar ideal para convidar alguém que não conhece Brasília e ter a certeza que o convidado terá uma ótima impressão sobre a gastronomia da capital. A vontade que se tem é de voltar mais e mais vezes para conhecer todo o cardápio.

Serviço
D.O.C Restaurante & Lounge
SHIS QI 21, Bloco B - Lago Sul
Telefone: 61 2196-4271
Michel Toronaga
Michel Toronaga

Jornalista brasiliense, cinéfilo. Acredita que a comida é uma troca de energia e que a cozinha é o lugar da casa onde todos se tornam iguais. Como parte de sua herança familiar, é fã de curry japonês, embora não abra mão de uma bela farofinha.

Sem comentários

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.