Conheça a diferença entre sorvete e gelato italiano

Gelato italiano

Acredita-se que o sorvete foi criado pelos chineses há mais de 3 mil anos. Inicialmente, a receita era composta de neve, mel, frutas e gema de ovo. Com o passar do tempo, os árabes incluíram água, criando o sorvete que conhecemos hoje. Anos depois os italianos acrescentaram leite e começaram a fabricar o produto em uma máquina conhecida por mantecadora, dando origem ao gelato.

Atualmente, existem muitas opções para agradar todos os gostos.  A San Paolo Gelato Gourmet – primeira gelateria do Brasil a utilizar uma pedra de mármore resfriada para misturar ingredientes selecionados com gelatos artesanais, preparou uma lista com as diferenças entre o sorvete tradicional e o galato artesanal. Confira:

Ingredientes
Diferente dos sorvetes industrializados, os gelatos são preparados diariamente e com ingredientes frescos, tornando o sabor único.

Temperatura
Os gelatos artesanais são armazenados em temperatura variada entre -10°C e -12°C, enquanto os sorvetes podem chegar até -20°C. Essa característica ajuda a preservar o sabor, quanto mais gelado o alimento, menos gosto é possível sentir.

Gordura
O gelato contém de 50 a 60% menos gordura comparado ao sorvete tradicional, porque utiliza gordura láctea na composição, variando a quantidade dependendo de cada sabor. Esse fator permite que o gosto original dos ingredientes se sobressaia.

Teor de Açúcar
A cremosidade característica do gelato é resultado do equilíbrio entre água, açúcar e leite. O produto costuma ter 30% menos açúcar em relação ao sorvete. Além disso, existe uma quantidade proporcional para cada sabor, considerando o teor de cada fruta.

Ar
A quantidade de ar é um fator que também interfere na textura do produto. No gelato, a inclusão é feita de forma natural, durante o batimento na mantecadora. Nesse processo o alimento absorve entre 20 e 40% de ar, enquanto no sorvete tradicional o método é feito de forma artificial.

1 comentário

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.