Por que incluir probióticos na alimentação?

Diversos estudos nos últimos tempos vêm demonstrando a importância do bom funcionamento do intestino para a saúde como um todo e consequentemente para o emagrecimento de forma saudável e eficaz.

A função primária do intestino consiste em absorver água e nutrientes no organismo, mas nos cabe lembrar que essas são apenas funções primárias diante da infinidade de funcionalidades do intestino, alguns especialistas o têm chamado de “segundo cérebro”.

Como afirma o Dr. Raphael Kellman: “Um microbioma em desequilíbrio irá subjugá-lo e fazê-lo sentir vontade de comer doces e gorduras nocivas, tornando seu metabolismo mais lento e aumentando seu apetite.”

E o que fazer para ter um microbioma saudável? Um intestino funcionando regularmente?

Insira alimentos Prebióticos (irão nutrir as bactérias saudáveis já existentes no seu microbioma) e Probióticos (bactérias saudáveis que irão restabelecer seu microbioma).

O Kefir é uma bactéria probiótica 100% natural, produzida através da fermentação do leite, nessa fermentação as bactérias se alimentam da lactose do leite, por isso é bastante consumido por quem tem uma leve intolerância.

O kefir tem mais ou menos 30 tipos de bactérias benéficas para o nosso organismo, ele incrementa o valor biológico das proteínas do leite, controla as leveduras patogênicas (prejudiciais) presentes no nosso organismo, atua beneficamente no sistema nervoso, ele se alimenta da lactose do leite, ou seja, diminui a intolerância a lactose mesmo para pessoas sensíveis a ele, equilibra a flora intestinal, diminui o risco de contrair Câncer, fortalece o sistema imunológico, dentre vários outros benefícios.

Eu sempre me preocupo muito com a qualidade do leite em que coloco o meu kefir para fermentar, sempre procuro um leite sem muitos conservantes e aditivos químicos, por isso eu SEMPRE uso um leite direto da fazenda ou da marca Leitíssimo.

O Leitíssimo tem apenas 2 ingredientes em sua composição: leite in natura e estabilizante citrato de sódio, e além de tudo as vacas que produzem esse leite são criadas soltas e se alimentam de pasto, isso faz toda a diferença para a qualidade do leite, para o meio ambiente, para a vida do animal e consequentemente para nossa saúde.

Podemos conseguir kefir através de doação, existem vários grupos na internet que estimulam essa prática, pois conforme você cultiva essa bactéria do bem, esta se desenvolve e o cultivador têm novas iscas para doar a quem tiver interesse.

Concluindo, nossa saúde intestinal é absolutamente imprescindível para o metabolismo, o apetite, o desejo incontrolável por determinados alimentos e o peso corporal, sem mencionar o humor, a aparência física, níveis de energia e a capacidade de resistir ao estresse e a infecções, por isso é extremamente importante colocar na nossa rotina alimentos probióticos.

 

Mônica Rocha

1 comentário

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.