Cervejas da Amazônia: boa pedida nesse Dia dos Pais

Escolher um presente original, inédito e que realmente agrade no Dia dos Pais é uma tarefa bastante difícil para a família, pois muitas vezes o paizão já ganhou de tudo que se possa imaginar.

No entanto, sempre há uma alternativa e a Amazon Beer tem a solução perfeita para esse contratempo, pois une a paixão de todo pai à originalidade que a família procura. O resultado disso são cervejas artesanais produzidas com elementos da Amazônia que vão surpreender e conquistar o paladar de qualquer um que goste da bebida fermentada mais consumida no Brasil.

Premiada com medalha de ouro no I Festival Brasileiro de Cerveja, a Forest Bacuri tem um toque único e especial. Com estilo fruit beer, é clara, leve e tem espuma de boa persistência. O aroma frutado é proveniente da maturação com Bacuri, fruto amazônico. A Forest Bacuri harmoniza com palmito, queijos e peixes. O teor alcoólico é de 3,8%.

Red Ale Priprioca, que recebeu medalha de bronze no mesmo festival, tem sabor singular diante das outras cervejas vermelha. Produzida nos moldes da escola inglesa, mas com o diferencial da raiz amazônica, que é conhecida pelo aroma amadeirado e picante, a Red Ale Priprioca tem alta drinkability em notas herbais e frutadas, com maltes e lúpulos em perfeito equilíbrio. Com 6% de teor alcoólico, a cerveja é ideal para paladares exigentes. Costelinha suína e linguiça harmonizam perfeitamente com a cerveja.

Cervejas da Amazônia

Ganhadora da mesma medalha que a Priprioca, a Stout Açaí é fiel ao estilo Dry Stout. Além do aroma e sabor de café, toffee, chocolate e malte torrado, a cerveja tem o diferencial do açaí na composição, o que a deixa ainda mais encorpada. A espuma é de boa formação e persistência e a coloração é escura. O teor alcoólico é de 7,2%.  Harmonização com mandioca frita, língua defumada, feijoada e brownie de chocolate são ótimas sugestões.

Também coroada com a medalha de bronze no I Festival Brasileiro de Cerveja, a Witbier Taperebá tem origem belga e leva trigo em sua receita. Diferencia-se das cervejas de trigo alemãs por ser condimentada e cítrica. O taperebá, fruto amazônico também conhecido como cajá, proporciona à Witbier um aroma inconfundível. Tem 4,7% de teor alcoólico. A cerveja faz combinação perfeita com bolinho de camarão, lascas de bacalhau e peixes.

Conheça todas as cervejas da Amazon Beer no site oficial.

Logo Cervejas da Amazônia

Sobre a Amazon Beer

Localizada na Estação das Docas, no Belém do Pará, mostra criatividade e inovação na produção de cervejas 100% artesanais. Com um nome impactante, a cervejaria homenageia uma das regiões mais belas do país, utilizando aromas e sabores que transmitem verdadeiramente a essência Amazônica. Inspirada na Lei da Bavaria em 1516, cujos ingredientes utilizados para produção da cerveja são apenas água, malte e lúpulo. Com uma mistura harmônica de malte e frutas típicas da Amazônia, Arlindo Guimarães, proprietário da cervejaria, e o mestre cervejeiro Reynaldo Fogagnolli, testavam e analisavam sem parar sabores que poderiam disseminar um sabor único, marcante e que ao mesmo tempo tivesse uma natureza especialmente brasileira.

Sem comentários

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.